31 março 2009

Andry Rajoelina é uma Ameaça às Lideranças Africanas!!!

Devo dizer que fiquei estupefacto ao ver, pela primeira vez, a imagem do “actual” Presidente Malgaxe, publicada no site da CNN, no dia da sua investidura. Não tenho dúvidas que, se Dhlakama tivesse oportunidade de o encontrar, diria, antes de mais: “Epa, voce é um muúdo (leia-se, miúdo)” e, se o General Hama Thai estivesse por perto, iria menear a cabeça em concordância!!

É realmente refrescante ver o percurso deste jovem que, de simples D.J., criou a sua própria rádio e uma altamente lucrativa, Agência Publicitária, antes de concorrer e ganhar as eleições para a Autarquia da capital Antananarivo, para agora ser Presidente (interino) daquele país ilhéu!! Isso realmente assusta, hehe!! O nome do seu Movimento, “Juventude Malgaxe Determinada” é altamente sugestivo e ilustrativo do sangue jovem, ávido de mudanças, que fervilha por esta África inteira!!

A juventude desta África, cansada das suas “Lideranças Independistas” agora ociosas, barrigudas, sem qualquer perspectiva de governação e desprovidas de uma visão conducente ao progresso das suas nações, começa a despoletar a “terceira guerra de libertação”!! Esta “guerra”, que procede às lutas de libertação do jugo colonial e subsequentes guerras civis, não envolve sangue, nem armas!! Esta guerra é a revolução deste povo sofredor que nada mais pede senão “Lideranças” que funcionem para os interesses da maioria!! Isso passa necessariamente por erradicar estes “Regimes Senhoriais e Nepotistas” que infestam este continente todo!!

Como Rajoelina disse na sua investidura, “chegou a altura de terminar com a ditadura”!! E, uma maneira efectiva de começar essa batalha, passa necessariamente por avançar vigorosas mudanças constitucionais, atinentes a instauração de um Estado que seja verdadeiramente de Direito!! Não é possivel que as nações africanas progridam, quando 100% do poder se encontra nas mãos de uma "única" pessoa, na maior parte dos casos, de competência duvidosa!! A mesma pessoa nomeia os membros do seu elenco governativo (ministros e governadores), nomeia o Presidente do Tribunal Supremo, nomeia o Procurador-Geral da República, o Comandante-Geral da Polícia, os Reitores das Universidades, os Directores de Mercados e Feiras e ainda tem o poder de dissolver o Parlamento! Desta forma, continuaremos a “andar aos círculos”, passe o tempo que passar!! Porque que é que a SADC não se reune e aprova uma resolução a definir padrões adequados de “separação de poderes” nos seus países membros??

Que o Governo de Rajoelina é um “perigo” para as lideranças Africanas, mormente estas da SADC, acho que ninguém tem dúvidas!! Basta ver a rapidez com que se convocou a conferência extraordinária e o tipo de resoluções, dela saídas!

O problema destes Senhores não é a forma como Rajoelina chegou ao poder!! Aliás, seria realmente caricato que alguém pensasse que as nossas lideranças se tenham ido reunir à Swazilândia para reivindicar a “reposição da ordem constitucional” naquele país, quando a pessoa a quem pretendem proteger chegou ao poder nas mesmas circunstâncias daquele a quem hoje pretendem crucificar!!

Estas nossas ditas “Organizações Regionais” e “Continentais” não são efectivas porque elas não se regem por outros princípios que não sejam “o poder pelo poder” e a manutenção dos seus comparsas no “trono”!! Digo “trono” porque estas nossas ditas “Repúblicas” no fundo, não passam de “Monarquias” disfarçadas!! Não há “democracia” coisíssima nenhuma, nem “principios” do que quer que seja! Vemos estas Organizações a proceder apenas “conforme as conveniências”!! Vimos recentemente o Mugabe ser destronado pelo voto popular e estes mesmos Senhores correram a trazer antídotos que seriam para mais nada, senão a manutenção o seu “brada” no poder, mesmo que ele já tenha provado que não tem mais capacidade para fazer algo que seja de jeito, mesmo que o seu próprio povo já tenha decidido abdicar dos seus serviços!!

Estes Senhores precisam perceber que a nossa preocupação é apenas a instauração de regimes que “funcionem” para o povo!! Alguém precisa de lhes dizer que, a juventude deste continente já está cansada da sua (líderes) ociosidade, barrigas enormes e total falta de ideias!!

Rajoelina representa exactamente esse “perigo” de reavivar as mentes deste continente e fazê-las acreditar que sim, “é possível a juventude tomar as rédeas do poder, instaurar um governo funcional, relançar a economia e mobilizar toda uma nação para os desafios do progresso e desenvolvimento”!!

Rajoelina representa exactamente esse “perigo” de reavivar as nossas mentes e fazer-nos perceber que, quando as nossas actuais lideranças realizaram a sua luta, eles eram tão jovens quanto nós somos hoje!!!

Rajoelina representa exactamente esse “perigo” de reavivar as nossas mentes e fazer-nos perceber que, os grandes feitos da humanidade foram sempre mobilizados pela juventude, com o seu dinamismo, força e capacidades empreendedora e inovadora! Que na velhice, as ideias desaparecem e a tendência do ser humano já cansado e debilitado, física e mentalmente, é pensar que “o mundo está muito bom, assim como está!!” Mas está mesmo?? O Estado das nossas nações é mesmo bom??

Por isso, estes Senhores vão procurar combater vigorosamente o Governo de Rajoelina e impedí-lo que seja bem sucedido!! Já estão a fazer isso porque, se for bem sucedido, será uma chapada enorme a esta inépcia que assola este continente faz mais de 5 décadas!!

Já chega, meus Senhores!! Deixem a juventude pegar na tocha que vocês já não conseguem levantar!! Deixem a juventude prosseguir com esta luta que vocês um dia iniciaram e hoje, a olhos vistos, já “perderam o norte”!! Deixem esta juventude começar a dar passos decisivos para que este continente deixe de ser mero “exportador de matérias-primas”, coisa que vocês nunca pensaram e nunca mexeram palha alguma, para mudar!!

Deixem Rajoelina governar!!!

12 comentários:

Júlio S. disse...

E se o tal "interino" for derrubado da mesma forma que derrubou o outro que dirás JM? Se a sua causa é justa porque não esperou eleições e fazer o povo o apoiar ao invés de ir pela força? Os seus poderes foram diminuidos quando em comparação com os do derrubado?

Cuidado com o que dizemos ou fazemos; pode se voltar contra nós. Virá um golpe, desfarçado ou não, e virá mais outro e continuaremos POBRES e coitadinhos o resto da vida.

Tomara que não apregoes isso para Moçambique.

Mutisse.

PS1: Se quiser responder as minhas perguntas acima, responda as em toda a sua extensão e plenitude.

PS2: Pensei que o meu amigo fosse democrata e acreditasse na Democracia; quando diz "Deixem Rajoelina governar!!!" está a dizer que apregoa aqueles métodos de chegar ao poder. Note que não estou a dizer que concordo ou descordo do discurso do tal; estou apenas a apelar a sua própria coerência com o que tem dito em muitos dos fóruns de debate sobre a sucessão no poder e aforma como tem que ocorrer. Não quero pensar que o apoio dado ao DS inclua sublevações daquele género...

Jonathan McCharty disse...

Amigo Mutisse!
Este e' um debate que estou disposto a ter com todos que o acham pertinente e espero que estejas aqui pra valer, hehe!

O Jonathan que esta' aqui e' o mesmo de sempre e quero que saibas, antes de mais que, ele nao e' "hipocrita", nem "doublespeaker"!

Uma coisa que nos nunca nos perguntamos e' o porque de Africa continuar a ser assolada de guerras, golpes de Estado e instabilidade politica que nunca mais termina??

Sera' porque o africano e' violento, irracional ou gosta de guerra?? Em vez de irmos procurar "solucoes" a jusante (leia-se, manifestacao dos problemas "de raiz" no nosso continente) devemos ir procurar as suas causas, a sua origem, a sua fonte!!

O facto e' as nossas liderancas tudo fazem para montar um sistema que nao deia hipoteses a quem quer que seja!! Esta fome de "poder absoluto" que caracteriza muitos dos nossos regimes e' uma das coisas que esta', em minha modesta opiniao, na essencia destes problemas politicos que assolam este continente!

Por isso, insisto na minha postagem que, estas "organizacoes regionais" devem se guiar por "principios" que sejam claros e justos! Desta mesma SADC que esta' agora a reclamar a "reposicao da ordem constitucional", nada se ouviu quando o Ravalomanana ordenou o encerramento da radio privada! Nada se ouviu quando ele destituiu o autarca da capital (democraticamente eleito) e nomeou outra pessoa! Entao, qual e' a autoridade moral desta organizacao! Por exemplo, o amigo Mutisse que acha que eu estou a dizer besteiras, e' o mesmo que pensa que Tsivangirai, apos ter sido eleito pelo seu povo, nao pode governar aquele pais!!

Por isso insisto nesta coisa de "principios" que sejam claros e aplicados em cada situacao especifica! Por isso insisto na instauracao de regimes que sejam "constitucionalmente" democraticos, com a clara separacao de poderes, sob o risco de andarmos aqui aos circulos ate' aos proximos seculos!

E considerar a situacao actual no Madagascar como "golpe de Estado", nao passa de uma piada (and I mean it)! Como e' possivel que um exercito, cujo chefe do Estado-Maior e' o proprio presidente, o "obriga" a resignar e deixar o lugar para alguem que nao faz parte do Governo (leia-se, oposicao)! Nao sera' um indicio claro que esse chefe ja' nao era chefe e deixara de ter autonomia e gozar de respeito dos seus subditos?? Nao sera um indicio que ele perdera o leme da situacao!!

Esta coisa de "manifestacoes" teem o seu "efeito cascata"! E' preciso reagir em tempo "fazendo aquilo que esta' certo"! O nosso governo soube faze-lo aquando do 5 de Fevereiro! As pessoas nao querem violencia ou destruicao! Querem apenas uma chance para viverem!Ravalomanana quis ser casmurro e esta' onde esta'! A SADC nao vai fazer nada porque ela nao se rege por qualquer "principio"!

Rajoelina diz que o seu Governo e' de transicao e pretende usar os 2 anos que se seguem para instaurar as bases para uma democracia que seja solida, promovendo as mudancas constitucionais que se julgam necessarias, antes que se realizem as eleicoes em 2011! Nos estaremos aqui para confirmar e fiscalizar as suas promessas!! E, se ele for bem sucedido, nao tenho duvidas que o povo malgaxe o ira' escolher nas proximas eleicoes!

Nunoamorim disse...

Caro Jonathan,
Duas questões:
1.Tas a insinuar que não houve golpe de estado em Madagascar?
2. Tas a dizer que concordas com os golpes de estado?

Gostaria que fosses claro nas respostas. Não acho coerente recorrer ao assunto do Zimbabwe para justificar o que aconteceu em Madagascar.
Não podemos justificar os nossos erros com base nos erros dos vizinhos. (Pelo menos não deveríamos)
Acho que meio mundo criticou o Regime do Mugabe, inclusivamente alguns lideres da África Austral. Infelizmente as acções da SADC não foram tão enérgicas quanto se esperavam. No entanto, não sou da opinião que os árbitros devem compensar os erros.

Critico a SADC por não ter suspenso o Zimbabwe e elogio a SADC por suspender ao Madagascar.

Orgulhosamente Moçambicano
Nuno Amorim

Jonathan McCharty disse...

Amorim!

1) Na assercao da palavra, considero nao ter havido golpe de Estado na ilha vizinha! Considero sim, ter sido o culminar de um governo que, enquanto totalitario e repressivo, ja' se encontrava totalmente desgastado, preocupado com o seu umbigo e sem solucoes para os problemas do pais, a ponto de ter sido preterido pelas forcas vivas da sociedade!

2) Sou tanto contra golpes de estado, como de governos totalitarios que ja' nao sabem quais os propositos da sua governacao! E, se o governo nao funciona, pra que continuar a sustenta-lo! Sustenta-lo porque e' nos nossos impostos e taxas que corre a sua veia açambarcadora! E' como teres o teu empregado que nao aprende as tarefas de casa e, no entanto, passa a vida a roubar-te! Por quanto mais tempo e' que o suportas??

Nao me referi a Zimbabwe para justificar o que esta' a acontecer agora em Madagascar! Apontei Zimbabwe como um exemplo da falta de "principios" da SADC! Porque, se quisermos usar os mesmos criterios, o que Mugabe fez foi um golpe de Estado suportado pela SADC!

Agora, sugeres que estavas contra a atitude de Mugabe, hehe!

Nunoamorim disse...

Tínhamos que redefinir o CONCEITO FORÇAS VIVAS da sociedade. Se por forças vivas da sociedade entendes o conjunto de militares que ocupou o palácio presidencial e os principais órgãos de comunicação social, então estamos conversados.

Por dedução ou extrapolação, podemos assumir que também não tivemos golpe de estado em Guiné Bissau.

Assim vai a nossa academia.

Orgulhosamente Moçambicano
Nuno Amorim

Jonathan McCharty disse...

Amigo Amorim Bila!

Nao podes pensar que andar a fazer "cherry picking" das questoes e' sinonimo de debater!

A crise Malgaxe nao comecou com o exercito a ocupar! Foi mais de um mes de manifestacoes nas ruas e, em vez de o dirigente maximo da nacao fazer "o que era certo" ordenou o exercito para matar os seus proprios irmaos! Sendo um garante da soberania, a actuar unicamente nos interesses da nacao, nao vejo o exercito como uma entidade "castrense", "sem alma", mas como uma entidade inserida na propria sociedade, porque e' no seu interesse que deve actuar! Se calhar, para ti, o exercito deve ser uma entidade "vassala" do poder instituido, mesmo que estejamos a falar de tirania e ditadura!

Guine-Bissau nao difere em nada do que estamos aqui a falar desde o inicio! Governos que nao funcionam e passam a espalhar terror por todo o canto e nao conhecem outra formula senao a eliminacao dos seus oponentes! Este tipo de governacao acaba tendo um efeito "bola-de-neve", acabando por levar consigo todo uma sociedade! O resultado e' sempre esse!

E se tivestes o discernimento de notar, eu nao estou aqui preocupado em dar nomes aos bois, mas em analisar a causa destes fenomenos tragicos que assolam o nosso continente!

Reflectindo disse...

SADC age com dualidade e sobre isso já bem discutimos em vários fóruns. Discutímos isso e muito antes. Sim, quando são Mugabes que fazem golpes pós-eleicões.

Concordo que e isso já temos discutido que SADC só pode ser séria se age com princípios.

Mas no pior da atitude da SADC é nunca ter feito nada e nada mesmo quando a populacão de Madagáscar morria dia-a-dia. Agora a mesma SADC quer que a guerra continue naquela ilha??????

Eu nem penso que a SADC esteja a agir, mas a copiar o que EUA e UE fizeram em relacão ao governo de Andry Rajoelina. Não era difícil copiar a medida dos EUA e UE e nem podiam se chamar de Ocidente tratando de indivíduo que não pertence ao Clube dos libertadores.

Contudo, há que esperarmos para vermos o desenvolvimento, pois lembro-me que ao Marc Ravalomanana se tinha decidido coisa semelhante em Durban. Qual tinha sido a duracão?

X!mb!t@nE disse...

Eh refrescante ver como a juventude esta motivada em fazer das suas forcas sinergias para mudar a face de Africa. Ainda assim, e com todo o aparatoso apoio que parece granjear o puto, acho que faria melhor esperar pelo pleito eleitoral.

Jonathan McCharty disse...

Respeito a tua opiniao Ximbitane!

No entanto, acho que Africa precisa de definir "padroes" minimos e aceitaveis de governacao! Por exemplo, noto que se acha normal que o Ravalomanana tenha mandado encerrar a radio de seu rival; Tenha "destituido" o autarca da capital (eleito democraticamente) e o tenha substituido por um terceiro; Que tenha mandado atirar para matar sobre manifestantes!! Deviamos tambem perguntar se nao era ocasiao para ele abandonar o poder!

Quem pos Rajoelina no poder foi o seu povo! Eles, melhor do que nos, sabem e conhecem as suas liderancas a ponto de terem preferido delas abdicar!

Reflectindo disse...

O nosso amigo Júlio Mutisse está perdendo o entusiasmo nos debates?

O seu método de atacar e retirar-se,já me preocupa, pois faz isso quando o debate anima, quando o debate fica rico com material de análise. E, talvez no momento em procuramos encontrar os pontos de convergência e de divergência.

Lembro-me bem, o amigo Mutisse, concordava com auto-responsabilizacão da Ministra da Defesa malgaxe ao demitir-se, repudiando as mortes semeiadas por ordens de Ravalomanana. Então, não era aquele momento de demissão do próprio Marc Ravalomanana e convocacão de novas eleicões no Madagáscar? E o que a SADC fez de concreto naquela altura de mortes?

Jonathan McCharty disse...

Acredito que o nosso compatrita nao vao abdicar do seu estatuto de "Great-Debater"!

Anônimo disse...

Adulterеѕs гοll biоlogic peѕ Tаntric Massage Pіn30baԁ8d6 high lеvеlѕ οf аleгting
anԁ tіghtnеѕѕ.


Look at mу ρаge :: sensual massage london