20 outubro 2009

O que Chipande queria Atingir com as suas Palavras!!

Meio mundo ficou “chocado” com as aberrantes afirmações do “General do 1º Tiro”, recentemente proferidas na cidade da Beira!!

Mas, antes de entrarmos em “detalhes de pormenor”, julgo fundamental olharmos para o local e contexto em que estas afirmações foram proferidas!!

A frelimo elegeu, nas sucessivas eleições legislativas de 1994, 1999, 2004, zero vírgula cinco, zero vírgula setenta e cinco e um vírgula vinte e cinco deputados, no circulo eleitoral de Sofala!! Aquele, como agora, tantas outras regiões do país, é um círculo que não se verga à ditadura e tem noção e consciência que, o VOTO, e, todas as decisões a ele referentes, são propriedade e matéria privada, cabendo ao ELEITOR agir conforme ele entende ser o melhor partido ou candidato a eleger!! O VOTO é, de facto, inegociável!!

Não há melhor sítio no país, como a Beira, para PROVAR que ninguém mais, independentemente das suas intenções e práticas maquiavélicas, pode passar por cima da intenção do POVO!! Os sucessivos resultados das “maçarocas”, neste circulo eleitoral, são expressivos a esse respeito e corroboram estas asserções!!

A sabedoria popular Moçambicana diz que “um leão só ataca pessoas, quando estiver desdentado, sem cabedal e sem estofo para perseguir algum herbívoro”!! E, um detalhe: ciente da sua fragilidade, prefere atacar mulheres e crianças!!

Quem são então, as “mulheres” e “crianças” que o “General do 1º Tiro” pretendeu atacar??

É mais do que óbvio!! Ele pretendeu, na sua maior cara-de-pau, fazer crer a algum eleitor “desatento”, que o VOTO e todas as decisões em volta dele, não lhe pertencem (eleitor)!!

Ele pretendeu desmoralizar o ELEITOR, a exercer o seu direito e ir VOTAR pelas MUDANÇAS que pretende ver materializadas neste país!!

Ele estava a jogar o seu “Ás de Copas”, para ver se tentava promover a abstenção!! Devido à sua visível falta de “dentes políticos”, a abstenção é que passou a ser uma das suas prioridades básicas e objectivo principal!!

Mas, hey!! Que ninguém se apavore!! As evidências são bem claras em relação à INTENÇÃO de VOTO do POVO e sua MATERIALIZAÇÃO nos resultados eleitorais!! Salvaguardadas uma FISCALIZAÇÃO cerrada e CONTROLO em todas as mesas de VOTO, seguida da contabilização de todos os MAPAS de RESULTADOS das ASSEMBLEIAS DE VOTO, nenhum voto vai ser roubado!! Nenhum voto vai ser inutilizado!! Nenhum voto em branco será transformado em voto pela hipocrisia, corrupção e usurpação do erário público!!

Vamos lá massivamente às ASSEMBLEIAS DE VOTO e decisivamente mostrar a estes “leões desdentados” que o VOTO NOS PERTENCE!!

Vamos lá massivamente às ASSEMBLEIAS DE VOTO e decisivamente mostrar a estes “leões desdentados” que, tal como acontece na natureza, já é altura e que sigam o exemplo dos verdadeiros leões que, uma vez atingida a terceira idade, se recolhem para o repouso, para gozar os seus últimos dias em descanso e deixarem as suas comunidades seguirem o seu ciclo normal, para o PROGRESSO, para o DESENVOLVIMENTO!!

Que os Deuses e os nossos Ancestrais abençõem esta Terra que está em contagem decrescente para ser resgatada e colocada no curso de Desenvolvimento, pelos seus filhos!!

PELA GERAÇÃO 28 DE OUTUBRO!!

14 comentários:

Abdul Karim disse...

AMEN.

Que O SENHOR nos Ilumine e Nos Abencoe.

Jonathan McCharty disse...

Caro Karim,

A bencao dos Deus e' necessaria, mas e' preciso que nos esforcemos por a merecer, atraves do trabalho arduo, atraves do sacrificio de mobilizacao, atraves do despertar cedo para ida as urnas, atraves da Fiscalizacao cerrada das mesas de voto, contabilizacao dos mapas parciais de resultados!!

Assim, facilitamos o trabalho dos Deuses!!

Um abraco!!

Nero Kalashnikov disse...

Brada Jonathan,

Parece-me que te esqueceste do número de deputados que a FRELIMO conseguiu na Beira nas últimas eleições autárquicas. Creio que a omissão deste dado faz cair boa parte da construção que aqui fazes.

Uma cena brada McCharty: erário, no dicionário, significa: dinheiro público. Logo, não precisas de dizer “erário público”. Diga apenas: “erário”.

Última cena: leão, desdentado ou não, é leão, tem garras e mata pessoas. Atenção. Não metas a mão na boca do bicho. Se fugires o bicho pega. Se parares o bicho morde.

Um abraço

Matusse disse...

É interessante o seu texto na medida em que incentiva as pessoas a irem votar. Agora, esperar resultado diferente daquele que, na verdade, o senhor já espera pode não ser bom.

Deixemos o tempo fazer a sua justiça. O artigo pode não reproduzir aquilo que é o sentimento dos beireses.

Quanto a fiscalização, eu acredito que desta vez a FRELIMO é que deve ser vigilante.

Jonathan McCharty disse...

Brada Nero,

Devias perceber o porque do numero de deputados a Assembleia da Republica, aparecer em casas decimais!!
Mesmo sem saber o numero exacto, tenho impressao que o leitor fica com a ideia de que o numero de deputados eleitos, foi ou tem sido, de facto, baixo!! Se assim for, o objectivo "figurativo" daquele paragrafo, e' alcancado!!

Para quem quiser saber os numeros "redondos e exactos", de deputados a Assembleia da Republica eleitos por este partido, passo a cita-los na integra:

"Em 2004, num universo de 22 mandatos, a Frelimo conseguiu eleger apenas seis deputados, contra 16 da formação política dirigida por Afonso Dhlakama. Em 1999, a Frelimo conquistou apenas quatro mandatos, contra 17 da Renamo. Nas primeiras eleições multipartidárias da história de Moçambique indenpendente, ganhou três lugares, contra 18 da Renamo."

Jonathan McCharty disse...

Brada Nero II,

Literalmente estava a responder a tua "preocupacao", mas de facto, nao estava! Iniciei a construcao meu comentario anterior, pensando que o teu "problema" era o numero de deputados a Assembleia da Republica, eleitos nas ultimas elecoes (legislativas). Preferi deixar o comentario, como ate ai, o tinha redigido, para o caso de alguem obsecado por numeros aparecesse a interpelar os meus "ponto e virgula"!!

Vou te responder, usando as "tuas proprias palavras":
Entao, o Nero quer que comparemos ou seja, lhes demos a mesma grandeza, um Mike Tyson e um Lucas Sinoia?? De que maneira ou sob que criterios e' que se pode comparar um "deputado municipal" e um "deputado parlamentar"?? Ou, pelo simples facto de se tratar de "numeros", podemos dizer que 26 e' maior que 0,75?? Mas, qual seria a "unidade" dessas grandezas (mesmo que se tratasse de um mesma grandeza)??

Se 1 (um) deputado parlamentar esta' para um GPa (giga pascal=10^9Pa) o deputado municipal estaria para quanto?? 1µPa (micro pascal=10^-6Pa)?? Nesse caso, toda a Assembleia Municipal da Beira, incluindo os deputados da Renamo, GDM, etc, teria que ser reunida para constituir "um unico" deputado da Assembleia da Republica!!

Portanto, nada aqui faz cair a construcao que fiz!! Alias, a tua interpelacao veio reforcar o meu argumento!!

Em relacao ao "erario", so' tenho a agradecer pela explicacao!! Nos incorremos com frequencia em pleonasmos ou tautologia, no nosso esforco de nos fazermos entender!! Porque essas praticas linguisticas estao tao enraizadas, vezes sem conta, as pessoas nao entendem a construcao frasica que lhes e' apresentada, se essas redundancias nao estiverem patentes!! Pus, neste mesmo comentario, algumas dessas expressoes entre aspas, como por exemplo, "tuas proprias", "uma unica"! Mas ha' outras que, muitas vezes nem sabemos, como:

"Monopólio exclusivo."
"Opinião individual de cada um."
"plebiscito popular ."
"encarar cara a cara."
"Viver a vida."
"Abismo sem fundo."
"Anexar junto."
"Ganhar grátis."
"Escolha opcional."
"Retornar de novo."
"Repetir de novo."
"Canja de galinha.", etc, etc.

Em relacao ao teu ultimo ponto, gostaria de realcar que, a motivacao deste artigo foi denunciar aquelas aberrantes afirmacoes (que muitos dos nossos integros cidadaos e defensores do Estado de Direito, preferiram ou preferem nao comentar), ao mesmo tempo que, dando a minha interpretacao sobre as suas possiveis motivacoes!! O amigo Nero, o que gostaria de me alertar ou advertir?? Que deveria ficar calado??

Um abraco!!

Jonathan McCharty disse...

Caro Matusse!!

Ainda bem que considera o texto "interessante" por incentivar os eleitores a ir votar!!

Agora, nao entendi esta tua de "esperar resultado diferente daquele que eu ja' espero"!! Qual e' o resultado que eu espero?? Se e' o resultado que eu espero, porque vou querer resultado diferente??

"Deixar o tempo fazer justica"?? Desde quando o tempo faz justica?? Quem faz justica, sao pessoas!! O que o tempo faz ou produz e' ocio, acomodacao e barrigas grandes!! Penso que a linha editorial deste blog e' suficientemente clara que nao se identifica com essas formas de estar!!

Sim, pelo medo que a assola, concordo plenamente contigo que a frelimo, "desta vez" precisa de ser vigilante!! Assim nos poupam de bobagens como aquelas do Mugabe a acusar o MDC de ter cometido fraude!!

NADA SERA' DEIXADO PARA AS GERACOES VINDOURAS RESOLVEREM!!

A REVOLUCAO SERA' HOJE!!

Nero Kalashnikov disse...

Brada Jonathan,

Pela maneira como fugiste do meu comentario, deu para perceber que percebeste muito bem o que eu disse.

Por isso, mais nao direi

Um abraco

Jonathan McCharty disse...

Nero,

Quem eventualmente, ca vier e ler estes comentarios, tera' a nocao de quem "fugiu"!! E, esse, certamente, nao serei eu!!

Um abraco!

Reflectindo disse...

Tenho desde há anos dito que abstencões constituem arma do partidão, rezão pela qual procurar maneira de desmotivar os eleitores a irem para as urnas.

Há motivos para mobilizacão para os eleitores irem em massa às urnas.

Anônimo disse...

Jonathan,

Como diria meu colega de carteira "acramei maninqui" como colocaste esse tal de Nero no seu lugar! É triste, em Mocambique parace que todo nao-analfabeto é "puxa-saco" da Frelimo??? Excluindo o Mc Roger, claro!

Porque "livraram-se do analfabetismo" se continuam ignorantes e defendem "aberracoes" desse grupo??? Qual é a diferenca entre esses "educados com formacao superior" com o meu tio lá no campo que nao sabe ler, escrever, nem o dia em que nasceu, se nao conseguem usar seu conhecimento para desenvolver o país?

Me dá muita raiva o facto de quando Filipe Gagnaux defendeu que a luta armada da Frelimo nao foi determinante para a independencia, o pediram para retractar-se, mas as declaracoes do Chipande na Beira foram recebidas com bastante alegria...

Mocambique precisa mudar, definitivamente e podes contar comigo

Jonathan McCharty disse...

Reflectindo,

Ha' quem diga que a frelimo nunca ganhou eleicoes! A oposicao e' que andou "desatenta"! Votos massivos e controlo cerrado, sempre dificultam qualquer tipo de manobra! Por isso querem tentar convencer o eleitorado que nada depende desse mesmo eleitorado, o que e' uma tremenda mentira!!
Que ninguem se intimide e va' mostrar que, de facto, e' dono e senhor do seu voto, la' na boca das urnas!!

Abraco!

Jonathan McCharty disse...

Caro Anonimo!

Eu sou de opiniao que, todo o mundo pode defender o que bem entender! Mas que haja um minimo de decencia em confrontar os factos, um minimo de honestidade em nao trair o que a nossa consciencia nos diz, mesmo quando ela contraria os nossos interesses!! Sob capa da "academia" e "intelectualidade", vemos pessoas cantando que vivemos num "Estado de Esquerdo", cada dia "reforcado"!! Mas nao tocam PLD, nao tocam "Lab Soft, Lda", nao tocam a roubalheira endorsada a Sotux/Academica, etc!! E' de facto, uma vergonha!!

Anônimo disse...

Caro Jonathan, vamos celebrar a grande vitória do Daviz. Como tu previste, a FRELIMO e Guebuza umargaram uma derrota escandalosa.

Viva a triunfante Geração do 28 de Outubro (espero não ter errado o mês)!

Natalino Mangue